Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft
  Carregando... Por favor, aguarde...
EmpresarialSoft
   WhatsApp 31 99129 0715

Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft

  • Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft

Preço sugerido:
R$99,00
Seu preço:

Por: R$59,00

(Você economiza R$40,00)
Disponibilidade:
Imediata
Duvida:
Quantidade:

Descrição do Produto

                                                               

   Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft


O programa para  NF-e Nota fiscal eletronica da EmpresarialSoft

e o sistema que mais crescre hoje no mercado, conheçao um pouco sobre este emissor de NF-e nota fiscal eletronica.

Emissor de NF-e da EmpresarialSoft;

 

Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoftFaça um teste antes de comprar. Instale, use, avalie! 30 acessos totalmente grátis.

Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoftPrograma Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft 

 

Uma das soluções mais completas para emitir NF-e 
é o Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica da EmpresarialSoft.

 

sso porque o módulo de vendas e conversão de nota fiscal eletronica é parte do sistema integrado de gestão, controle financeiro e vendas .

 

Seja para tirar poucas notas fiscais, seja para grandes volumes, o software oferece ganhos de produtividade, ao evitar a redigitação de cada nota, trazendo informações de cadastro de clientes,de produtos ou dos pedidos de venda registrados ja no gerenciador de nota fsical eletronica.

 

O envio para o cliente é feito via e-mail por dentro do sistema, com monitoramento do recebimento, entre outros recursos.


Quer um modo mais fácil de emitir notas fiscais eletronicas na sua empresa?

 

Ainda não sabe qual emissor NF-e adotar?


Experimente gratis o porgrama de nota fical eletronica agora,
use o link abaixo.

Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft.


Características do Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft

Cadastro de clientes;
 

Cadastro de fornecedores;

Controle financeiro, contas a pagar e receber;

Control de cheques pessoal e de clientes;

Gerador de Cópia de segurança (Backup);

Cadastro de produtos com valor de atacado e varejo.

Cadastro de Grade de produto, por tamanho, cor, quantidade e preço diferenciado por grade;

Funciona com impressoras não fiscais, qualquer marca e modelo, seja USB, serial ou paralela;

Funciona com leitor de código de barras, de qualquer marca e modelo;

Organização dos produtos por grupos;

Personalização com sua logomarca;

Forma de venda (a vista, prazo, cheque, cartão);

Sistema totalmente leve e funciona em qualquer modelo de computadores da atualidade;

Tela de venda padrão e expressa com baixa automática no estoque;

Tela de vendas com devolução de uma ou várias vendas; 

Efetua troca e devolução de produtos;

Opção para efetuar vendas em datas retroativas;

Parcelamento e inclusão automática na conta do cliente;

Tela de vendas, com baixa automática no estoque;

Emissor NF-e alternativo;

 

Existem diversas alternativas para uma micro e pequena empresa emitir suas notas fiscais eletrônicas.

 

Seu contador é sempre uma referência para assuntos assim, por isso vale a pena consultá-lo a respeito dessa decisão.

 

Os passos para emitir NF-e são semelhantes, independentemente da alternativa usada:


1. Certificado digital;

 

O primeiro passo para emitir nota eletrônica é possuir um certificado digital, que assegura validade jurídica ao documento por permitir confirmação de sua autenticidade.

 

Há diversos órgãos autorizados como autoridades certificadoras pela ICP (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira).


2. Credenciamento na Sefaz;

 

Mesmo usando um sistema próprio ou contratado, é preciso se credenciar junto à secretaria da fazenda para emitir NF-e.

 

Cada estado tem um procedimento específico, mas normalmente trata-se de um cadastro simples.


3. Escolha o Programa Gerador de Nota fiscal Eletronica - EmpresarialSoft

 

Você pode adotar diferentes opções.

 

Existem softwares que podem ser baixados em seu computador para emitir notas d eoutras empresas concorretes.

 

O volume é um dos fatores a se considerar:

 

empresas que tiram um volume grande de notas têm mais motivos para adotar um emissor integrado a um sistema de faturamento ou sistema de gestão, por exemplo.


4. Gere as notas conforme sua necessidade;

 

Com certificado digital adequado, credenciamento realizado junto à Sefaz e emissor de NF-e escolhido, sua empresa está pronta para faturar.

 

Vale a pena realizar testes para homologar as notas mas é um processo simples para seu negócio funcionar normalmente.

 

 Tudo sobre Nota Fiscal Eletrônica As Notas Fiscais Eletrônicas vieram para facilitar a vida das empresas e já é uma realidade no Brasil.

 

Com elas, não é mais necessário imprimir e nem armazenar fisicamente todas as notas fiscais, o que reduz os custos e o risco de extravio.

 

Mas mesmo com diversos benefícios ainda não são todos os empreendedores que sabem como ela funciona.

 

Por isso criamos essa cartilha para ajudar a esclarecer as principais duvidas.


Dúvidas sobre Nota Fiscal Eletrônica;

 

Emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços ocorrida entre as partes, cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente e recepção, pelo fisco, antes da ocorrência do Fato Gerador.

 

Ou seja, a Nota Fiscal Eletrônica é um documento digital que serve para documentar uma venda de produto ou uma prestação de serviço, possuindo validade jurídica.

 

Ela nada mais é que a versão digital da nota fiscal física (“de papel”).

 

Existem vários tipos de Nota Fiscal Eletrônica.

 

Vamos abordar os 2 tipos mais comuns, a NF-e e a NFS-e:


NF-e : Nota Fiscal Eletrônica de Produtos;

 

Como o nome já diz, ela é responsável por registrar a venda de produtos.

 

Essa nota é gerada pelo contribuinte e é enviada diretamente para a Secretaria da Fazenda Estadual (SEFAZ).

 

Para aqueles que já enviam nota fiscal física, a NF-e substitui as notas fiscais modelo 1/1-A.


NFs-e :  Nota Fiscal Eletrônica de Serviços;

 

Essa nota é responsável por registrar a prestação de serviços.

 

Nesse caso o contribuinte gera um Recibo Provisório de Serviço (RPS), que é enviado para a prefeitura.

 

A prefeitura gera a NFS-e e retorna ao contribuinte um arquivo eletrônico (XML).

 

Mais de 500 prefeituras já se adequaram à NFS-e.

 

Como no Distrito Federal não existe prefeitura, tanto a venda de produtos quanto a prestação de serviços são registradas na NF-e e enviadas para a SEFAZ.

 

A NFS-e substitui a Declaração de Serviço, um documento exigido pelo município e que está relacionado à cobrança do Imposto Sobre Serviço (ISS).

 

Para o vendedor A Nota Fiscal Eletrônica traz vantagens para todos os envolvidos na transação comercial:vendedor, comprador, contador, sociedade, e é claro, o fisco. Alguns dos benefícios são: Uma vez que o documento é emitido eletronicamente.

 

Apesar de existir a necessidade da impressão do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE), este pode ser impresso em papel comum A4 (exceto papel jornal) e apenas no número de vias que for necessário para sua empresa.

 

Economia com impressão Tanto em espaço quanto em logística. A razão disso é que atualmente os documentos fiscais devem ser guardados pelos contribuintes por 5 anos contando da data do fato gerador.


Uma curiosidade;

 

suponha que sua empresa emita 10 notas fiscais por dia.

 

Em um mês você terá 200 notas fiscais para armazenar.

 

No fim de 5 anos são 12.000 notas fiscais, pesando aproximadamente 100kg.

 

Com os documentos fiscais digitais, os processos de organização guardam, recuperação e gerenciamento dos documentos tornam-se muito mais eficiente.

 

Economia no armazenamento de documentos fiscais.

 

Melhor controle dos documentos.

 

Para o comprador Uma vez que o documento é emitido eletronicamente.

 

Apesar de existir a necessidade da impressão do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE), este pode ser impresso em papel comum A4 (exceto papel jornal) e em apenas uma via.

 

Devido à eliminação de erros de digitação de notas fiscais.

 

Economia através da eliminação da digitação de notas fiscais.

 

Redução de erros de escrituração.

 

Com os documentos fiscais digitais, os processos de organização e  guarda e gerenciamento dos documentos torna-se muito mais eficiente.

 

Melhor controle dos documentos.

 

Para o contador Simplificação da Escrituração Fiscal e Contábil.

 

Da mesma forma que para os vendedores e compradores, os processos de organização, guardam e gerenciamentos dos documentos tornam-se muito mais eficiente Simplicidade.

 

Melhor controle dos documentos.

 

Serviços e consultoria ligados à NF-e.

 

Oportunidades para a sociedade Impacto positivo em termos ecológicos.

 

Redução do consumo de papel.

 

Surgimento de oportunidades de negócios e empregos na prestação de serviços ligados a NF-e. Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre as empresas.

 

Incentivo ao uso de novas tecnologias.

 

Para o fisco Possibilitando um melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos.

 

No processo de controle das notas fiscais capturadas pela fiscalização de mercadorias em trânsito.

 

Aumento da arrecadação sem ampliação de carga tributária.

 

Aumento na confiabilidade na Nota Fiscal.

 

Melhoria no processo de controle fiscal.

 

Redução de custos.

 

Diminuição da sonegação Da mesma forma que para os outros envolvidos, os processos de organização, guarda e gerenciamentos dos documentos tornam-se muito mais eficiente.

 

Melhor controle dos documentos.

 

Quem é obrigado a emitir nota fiscal eletrônica? A obrigatoriedade de emissão varia bastante.

 

Para a NF-e, apesar de existir uma lei mor, cada estado possui suas próprias obrigações.

 

O mesmo acontece para a NFS-e, apesar de existir uma lei mor, cada cidade define quem deve ou não emiti-la.

 

Ou seja, documentar todas as obrigações de NF-e e NFS-e consumiria milhares de páginas e tenho certeza que não ajudaria você.

 

Somado a isso há também o fato das leis mudarem constantemente, o que tornaria essa cartilha inútil.

 

A melhor forma de ter certeza se sua empresa é ou não obrigada a emitir NF-e e NFS-e é entrar em contato com seu contador.

 

Agora que você já conhece bem o que é a Nota Fiscal Eletrônica, deve estar se perguntando como começar a emitir essas notas na sua empresa, certo?

 

Para realizar a emissão, tanto de NF-e quanto de NFS-e, é necessário seguir 3 passos: Escolher qual software emissor será utilizado.


Comprar certificado digital;

 

Realizar o Credenciamento (solicitar da SEFAZ ou prefeitura a autorização para emissão online);

 

Atenção: É pré-requisito para a emissão de Nota Fiscal Eletrônica acesso a um computador com internet.

 

Como você já sabe, existem dois tipos de Nota Fiscal Eletrônica, a NF-e e a NFS-e. Para cada uma delas existem diferentes meios de realizar a emissão.

 

Existem 2 meios diferentes para realizar a emissão de NF-e: utilizando o software Emissor da SEFAZ-sP ou um Sistema Específico.


Passo 1;

Escolhendo o Programa para Nota fiscal eletrônica de produtos (nf-e) Software Emissor da SEFAZ-SP É recomendado para as empresas que emitem um volume muito baixo de notas fiscais, pois cada nota faturada deve ser digitada novamente nesse sistema.

 

Esse retrabalho torna inviável o uso desse software em empresas que possuem um volume maior que 10 notas/semana.

 

Utilizar o software Emissor da SEFAZ-sP também aumenta a chance de erros, pois aumenta a possibilidade do usuário digitar alguma informação errada.

 

O download pode ser feito em http://www.emissornfe.fazenda.sp.gov.br/ É necessário um certificado digital A1 ou A3 para realizar a emissão.

 

Fique tranquilo, mais adiante vamos falar sobre certificados digitais.

 

Sistemas Específicos para a emissão de NF-e normalmente são integrados com outras áreas da empresa, como o faturamento.

 

Isso aumenta a eficiência da empresa, pois não é necessário redigitar as notas: os dados da nota são carregados diretamente do faturamento.

 

Portal de a Prefeitura Utilizar um sistema Específico para a emissão de NFS-e possui as mesmas vantagens que citamos quando falamos da emissão de NF-e.

 

Antes da emissão a Nota Fiscal Eletrônica precisa ser assinada digitalmente.

 

Essa assinatura digital possui o mesmo objetivo que a assinatura tradicional: garantir a autoria de um documento.


Passo 2;

Comprando o certificado digital De forma simplificada, essa assinatura é realizada por meio de um Certificado Digital emitido no nome da sua empresa.

 

Esse Certificado pode vir em 2 formatos: A1 (digital) ou A3 (token físico).

 

Antes de realizar a compra é imprescindível saber qual é o formato aceito pelo software emissor que você escolheu.

 

Quem emite os Certificados Digitais são as Autoridades Certificadoras (AC). Elas são empresas autorizadas pela Receita Federal a realizar esse trabalho.

 

No site da Receita Federal há uma lista constantemente atualizada que possui todas as AC http://www.receita.fazendagov.br/atendvirtual/solicemrenrevcd.htm .

 

Para comprar o Certificado Digital basta entrar no site da AC de sua preferência, escolher o Certificado que deseja comprar e realizar a solicitação e pagamento online.

Após isso você será solicitado a comparecer até uma Autoridade de Registro (AR) que são empresas responsáveis por identificar presencialmente os solicitantes de Certificados Digitais.

 

Após validar a veracidade dos dados informados na solicitação online a AC realiza a emissão do Certificado.

 

Duas das mais conhecidas AC’s brasileiras são a Serasa Experian e a Certisign.

 

Você pode comprar seu Certificado Digital dessas AC’s clicando nos links abaixo: Com o Certificado em mãos o próximo passo é realizar o credenciamento.

 

Serasa Experian (http://serasa.certificadodigital.com.br/produtos/para-emissao-de-nf-e/)

 

CertiSign (http://www.certisign.com.br/certificado-digital/para-empresa/nfe)

 

Para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica é necessário possuir autorização do órgão responsável.

 

No caso de NF-e esse órgão é a SEFAZ estadual, na NFS-e o responsável é a prefeitura.


Passo 3;

Realizando o credenciamento Essa autorização pode ser obtida por meio de um credenciamento que na maioria dos casos é feito pelo seu contador.

 

Porém é possível você mesmo realizar esse credenciamento via internet.

 

Como o site para fazer o credenciamento varia de estado para estado e de cidade para cidade, nossa sugestão é procurar em sites de busca como o Google por “credenciamento nf-e seu Estado” ou “credenciamento nfs-e da sua CIDADE”.

 

Após realizar o credenciamento online o órgão responsável pode demorar até 15 dias para fornecer a autorização.

 

Pronto! Agora sua empresa está pronta para a emitir Notas Fiscais Eletrônicas. Aderir à Nota Fiscal Eletrônica traz inúmeros benefícios para os envolvidos e principalmente para quem faz a emissão.

 

A empresa passa a economizar com impressão e armazenamento de notas, além de manter um melhor controle dos documento.

 

O meio-ambiente também agradece, pois a quantidade de papel envolvido diminui.

 

Usando um software emissor que seja integrado a empresa emissora economiza tempo, pois não há necessidade de digitar as mesmas informações duas vezes,

uma no faturamento e outra na emissão da nota.


Nosso último conselho;

dê muita atenção à escolha do software emissor.

 

Ele precisa ser prático e confiável, pois fará parte do dia-a-dia de sua empresa.

 

Nós, é claro, recomendamos o EpsNF-e (Programa Gerador de Nota fiscal Eletrônica - EmpresarialSoft).

 

Baixe no agora http://www.empresarialsoft.com/Software/nfe.exe  O NF-e da EmpresarialSoft  é o mais simples sistema de gestão  para micro e pequenas empresas.

 

Com ele você controla suas vendas, seu estoque, e emite nota fiscal eletrônica sem complicação e a um preço justo: a partir de R$ 59,90/mês.

 

Além disso, nosso atendimento “de primeira” está disponível para te ajudar gratuitamente por telefone, e-mail , Whatsapp , Acesso remoto e chat.

 

Software para emissão de Nota Fiscal Eletrônica ,Emissor de NF-e


Deixe seu comentário sobre o produto

Comentários sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!

Últimos Visualizados por você:

Os últimos produtos visualizados:


EmpresarialSoft
Televendas:
031 31 98858 4885 (OI)
031 31 99739 4412 (VIVO)
031 31 99234 8278 (TIM)
Horario de Atendimento:
Segunda a sexta de 08h00min às 16h30min
Sábados e feriados no E-mail: suporte@empresarialsoft.com.br
 

WhatsApp 31 99129 0715